quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Tempo... tempo ... Crocodilo Tic Tac ***

Viver tem sido adiantar o serviço do dia seguinte.
No domingo, já estamos na segunda,
 na terça já estamos na quarta e sempre um dia a mais do dia que deveríamos viver.
Pelo excesso de antecedência, vamos morrer um mês antes.

Está na hora de encarar a folha branca da agenda e não escrever.
O costume é marcar o compromisso e depois adiar, 
que não deixa de ser uma maneira de ainda cumpri-lo.

Tempo é ternura.

Perder tempo é a maior demonstração de afeto.
A maior gentileza.
Sair daquele aproveitamento máximo de tarefas.
Ler um livro para o filho pequeno dormir.
Arrumar as gavetas da escrivaninha de sua mulher 
quando poderia estar fazendo suas coisas.
Consertar os aparelhos da cozinha, trocar as pilhas do controle remoto.
 Preparar um assado de 40 minutos.
Usar pratos desnecessários, não economizar esforço, 
não simplificar, não poupar trabalho, desperdiçar simpatia.

Levar uma manhã para alinhar os quadros, 
uma tarde para passar um paninho nas capas dos livros 
e lembrar as obras que você ainda não leu.
Experimentar roupas antigas e não colocar nenhuma fora.
Produzir sentido da absoluta falta de lógica.

Tempo é ternura.

O tempo sempre foi algoz dos relacionamentos.
Convencionou-se explicar que a paixão é biológica, 
dura apenas dois anos e o resto da convivência é comodismo.

Não é verdade, amor não é intensidade que se extravia na duração.

Somente descobriremos a intensidade se permitirmos durar.
Se existe disponibilidade para errar e repetir.
Quem repete o erro logo se apaixonará pelo defeito mais do que pelo acerto
 e buscará acertar o erro mais do que confirmar o acerto.
Pois errar duas vezes é talento, acertar uma vez é sorte.

Acima da obsessão de controlar a rotina e os próximos passos,
 improvisar para permanecer ao lado da esposa.
Interromper o que precisamos para despertar novas necessidades.

Intensidade é paciência, é capricho, é não abandonar algo porque não funcionou.
É começar a cuidar justamente porque não funcionou.

Casais há mais de três décadas juntos perderam tempo.
Criaram mais chances do que os demais.
Superaram preconceitos.
Perdoaram medos.
Dobraram o orgulho ao longo das brigas.
Dormiram antes de tomar uma decisão.

Cederam o que tinham de mais precioso: a chance de outras vidas.
Dar uma vida a alguém será sempre maior do que qualquer vida imaginada.
(Carpinejar)
*
*
*

Quisera eu, ter aprendido a me esconder do Crocodilo Tic Tac...
como não consegui ... hoje corro ao contrario.
Subo em suas costas, como um cavalo a ser domado
E faço o tempo valer.
Enfim ... aprendi a viver .
Uma hora de cada vez ^^


Um dia bem vivido para todos nós
beijos ***

30 comentários:

  1. Bom dia,Vanessa!!

    Que coisa mais linda minha querida!!!
    Pior que é bem assim...estamos vivendo por antecedência! Até as crianças estão fazendo isso!Meu filho que tem 11 anos, é assim...já expliquei muitas vezes para que ele aprenda a aproveitar o dia, o momento,mas ainda não deu...rsrsr Mas vamos lá!Uma hora ele aprende e relaxa!rsrs
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Van, que texto lindo e verdadeiro, até me arrepiou, cada frase que nos põe a pensar, nossa viajei na minha história para compara-la com esses conselhos maravilindos, amei querida, que bom é vir aqui na suas tulipas floridas...beijos

    ResponderExcluir
  3. combinação perfeita, da vanessinha com o carpinejar
    o tempo sempre nos persegue, maravilhoso quando tomamos conciencia disso e aproveitamos melhor a vida.
    beejos querida.

    ResponderExcluir
  4. Lindo, lindo, lindo, esta sabedoria que a vida te trouxe, o saber que o tempo deve caminhar a favor de tudo que vale a pena.

    Lindo texto do Carpinejar.

    Um beijo, Vanessa!

    ResponderExcluir
  5. Olhares diversos sobre o tempo e associá-lo a ternura foi o máximo.
    Gostei muito.Não conheço este poeta, vou saber mais...
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Obrigada pela visita em meu blog
    amei o seu espaço
    juliana

    ResponderExcluir
  7. Olá Vanessa, estou seguindo esse também.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Van, vc sempre linda e doce
    amei o seu textinho sobre o crocodilo do peter pan todos temos que pensar um pouco assim.
    lindo texto do Carpinejar tbm
    adorei tudo
    bejoka p ti :)))

    ResponderExcluir
  9. Vanessa,

    Este texto de Carpinejar é maravilhoso! Trouxe um aspecto do tempo que até então eu não havia refletido sobre ele. Nunca pensei no tempo como ternura, assim como descobri que estou vivendo para adiantar tarefas e perdendo a oportunidade de fazer valer o tempo.

    Foi um toque de luz que chegou até aqui para que eu possa repensar atitudes.

    Valeu!

    Lindo dia para você.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Carpinejar é fantástico! Ele fala o que precisamos ouvir e ler..ADOREI! BEIJOS,CHICA

    ResponderExcluir
  11. comigo eu planeio o ano todo quanto a objectivos...planos..mas no resto é dia a dia gosto de me surpreender..mas confesso que gosto de ter projectos e ambições para o ano!Funciono melhor...rs...bj querida obrigado plo carinho

    ResponderExcluir
  12. O tempo nem sempre é algoz. Se não nos preocupamos com ele e conseguimos viver sem ansiedade, atendendo nossas prioridades dentro dos conhecidos limites, o tic tac não nos assustará. O texto é perfeito e vale ser relido, sempre.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Na verdade é bom ter metas, fazer planos e nos esforçar para alcança-los, mas no dia a dia é melhor viver um dia de cada vez. Eu amei o nome do seu blog, achei lindo. bjos.

    ResponderExcluir
  14. vim te fazer um convite para visitar o blog Rima blog eu te dou uma flor
    Aqui todos são bem vindos, cujo tema é: rimar, respeito, amar, e fé. satisfeito, pensar, sorrir, perfeito, desejo, feito por si.
    http://rimablogeutedouumaflor.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. E o quê que a gente faz com esse tempo que não pára?!

    Beijão

    ResponderExcluir
  16. oi Vanessa,

    não conhecia esse texto,
    muito lindo,
    acho que esse viver antecipado é
    o mal do século,todos parecem correr de alguma coisa,
    me sinto muito mal com tudo isso,
    já disse muitas vezes em todos os blogs amigos:
    que saudades de voltar a morar na praia...
    lá o tempo é real,
    ele não é antecipado,
    um minuto de cada vez bem vividos...
    sinto muita falta,
    é meu sonho atual e sei que vou conseguir realizar...
    amém!!!

    beijinhos

    ResponderExcluir
  17. OI VANESA!
    É VERDADE E NESTA CORRIDA INSANA DE ADIANTARMOS AS COISAS, NA VERDADE, DEIXAMOS DE FAZER TANTAS OUTRAS, TALVEZ MUITO MAIS PRAZEROSAS, PRINCIPALMENTE PORQUE ESTARÍAMOS DESTITUÍDOS DA OBRIGATORIEDADE, QUE TORNA AS COISAS CHATAS E BANAIS.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Mas que maravilha de palavras!!! São tão verdade!! E muitos de nós não lhes damos uso no dia-a-dia =/

    Beijinho*

    ResponderExcluir
  19. Oi Van :)
    Eu adoro os textos do Fabricio Carpinejar.
    Este,por exemplo,é ótimo.
    Pra mim,o tempo,é algo subjetivo...
    Às vezes,ele voa e outras vezes se arrasta!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  20. O tempo é um mistério, um dogma ao qual nos submetemo. Fazer dele nosso aliado é sinal de sabedoria!
    Abraços, Vanessa...

    ResponderExcluir
  21. Canta Bethânia: 'tempo, tempo, tempo, és um Sr. tão bonitoooo...'

    Ain Van, o tempo é mágico.
    Nos devora mas é mágico,

    Ao seu tempo, tudo, tudo se ajeita, tudo, tudo se acalma

    Nada acontece sem a supervisão desse hábil Sr, que não vemos, não tocamos, mas que em nós, faz tempestades,


    Um beijo, doce Menina,

    ResponderExcluir
  22. O tempo é mágico. Às vezes acompanhamos o seu ritmo. Outras não. Só que ele não para. Continua ali. A gente que tem correr atrás dele. Ou aprender a administrá-lo. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  23. Oi,Van!E o tempo vai passando,passando e a gente não se dá conta.E ele se esvai como areia em nossas mãos.
    Cada dia,cada hora,cada minuto é preciosos pena que muitas vezes nos esquecemos disso.
    Beijossss

    ResponderExcluir
  24. Senti o Tic Tac dos dentes
    do crocodilo na minha pele
    meu coração sobressaltado
    pelo tempo
    pela falta de tempo
    o contratempo
    mas tive tempo e li
    este texto poemático
    que lida com um conceito físico
    filosófico
    que como diz Caetano
    é um dos deuses
    mais lindo.

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderExcluir
  25. Já tinha amado o outro este é espetacular, que texto, que emoção, seu blog é espetacular, agradável, que bom que estou aqui.

    ResponderExcluir
  26. É o que o mundo está precisando agora, viver devagarinho, aproveitar cada segundo, contemplar as pequenas coisas, ganhar tempo com o que realmente gosta de fazer e sorrir com mais calma, amar com mais calma, viver com mais calma...

    Muito lindo, flor!
    Beijos*:

    ResponderExcluir
  27. Passadinha rápida para desejar um lindo final de semana!!
    Beijos, Fica com Deus!!

    ResponderExcluir
  28. Olá!
    Seu blog é uma delícia!
    Passei um bom tempo ledo suas postagens, e me deliciei.
    Bom fim de semana menina.
    Bjs

    ResponderExcluir

"Existe gente que precisa
da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto.
Ele titubeia, tem dúvidas e medos,
mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta.
Nada de drama."
(Arnaldo Jabor)